Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2010

Os Fascistas São Assim Por Natureza, …Fracos, Mentirosos e Rancorosos!

A Mentira perde-se felizmente com o Vento, morre, como o peixe, pela boca, desaparece pelos canos que se seguem às sanitas. Recebi entre muitos outros ultimamente, mais um texto de um pseudo militar, que ou inventa ou reencaminha mais uma invencionice sobre Manuel Alegre. Mais uma, das que corre por aí, numa campanha aprendida certamente nos serviços de propaganda do salazarento regime de Salazar. Um jovem dos dias de hoje pode, na boa fé dos tempos da Internet, acreditar que da manhã para a noite um acidente de aviação no Negage, Angola, chegaria em célere noticia, a Argel. Hoje tal seria bem possível, a Internet faz milhares de km assim em velocidade aos anos 60 completamente desconhecida. Só que nos anos 60, do século XX note-se, uma tal noticia teria de seguir o seguinte percurso: a) saída da noticia da referida base aérea, sejamos simples e aceitemos uma tal saída por telefone, sem pensar no pide que os controlava, sem pensar no nº de telefones existentes à época, sem pensar que haveria de haver a sorte de ao momento se encontrar a pessoa a contactar, certamente em Luanda assim na hora; b) essa pessoa, teria de fazer percurso idêntico, arriscando o controlo de mais um pide no telefone, e telefonar para Lisboa, esperando mais uma vez que do outro lado da linha estaria o alguém certo para receber a informação; c) Em Lisboa, um (ou uma), outro, (ou outra), alguém teria de encontrar um meio, duvidosamente, mas mesmo muito duvidosamente, o telefone, para fazer chegar a Argel a noticia do acidente esperando que do outro lado estivesse assim do pé para a mão quem recebesse a noticia; d) Em Argel, recebida a noticia, Manuel Alegre, pensam estes senhores, iria, sem mais, acreditar na veracidade da mesma e colocá-la no ar? Para, no dia seguinte, os serviços de propaganda ridicularizarem a noticia dada via Argel por Manuel Alegre em todos os meios de comunicação social do regime, sem jornais de oposição, sem quase nenhuns outros media de oposição? Ridículo! Tão ridículo quanto o facto de aceitarmos como viável que, certamente à hora do wiskie, no bar da caserna, os restantes colegas dos acidentados, alegremente sentados à volta da rádio, já que de TV népias em Angola, ouviriam, escandalizados, tamanha mentira, assim livremente, tal qual ouvimos as mentirolas da manelinha moura Guedes, ou do ao que dizem opusday márinho crespo? Lamento, mas esta estorieta abaixo divulgada por Luis Magalhães é, tão somente, só pode ser, uma mentirola que só um jovem, que desconheça as dificuldades de comunicação, em cenário de guerra e no meio de um regime totalitário, pode ter como aceitável! Eu fiz o Combate contra a Guerra Colonial. As noticias demoravam dias, semanas até, a chegarem. Demoravam depois algumas muito boas horas a serem dactilografadas e policopiadas. Demoravam depois dias e dias a serem distribuídas, pois não havia ao tempo, (lamentável não é?), as redes de distribuição do tipo do Destak e do Metro, pois os policopiados eram deixados em cantos seguros, em momentos seguros, ou distribuídos pela calada da noite, ou nas madrugadas não dormidas. Fiz muitas divulgações com estes moderníssimos meios de comunicação, pelo que falo de experiencia feita. Em algumas das zonas libertadas”, como as cantinas das Associações de Estudantes,( a do ISCEF no meu caso), lá íamos fazendo, uns melhor outros pior, (eu sempre pior dadas as minha limitações nos trabalhos manuais), uns dazibaos, (não levem a mal se o termo não for este…), que, de manhã cedo, colávamos nas paredes para serem lidos pelos outros estudante s que divulgariam as noticias, esperávamos nós e lá ia acontecendo, nas famílias e amigos, nos cafés e por onde fosse… E, recordo, para que conste, que uma bela tarde de Setembro, estava eu a estudar com a Guidinha e o Quim Zé ao pé do edifício da AE de Económicas e uns colegas vêm ter connosco, esbaforidos, relatando que estava um tipo na cantina a tirar apontamentos de uns cartazes anticoloniais, (porque nas “nossas zonas libertadas” havia mesmo informação contra a Guerra Colonial), e que tinha “ar de pide” Com outros colegas avançamos velozmente para o tal tipo, que se viu de repente cercado e começamos a tentar saber quem ele era. (Aqui poderia começar por dizer algo como “Mentindo como era apanágio dos pides”…mas vou poupá-los de tal) O dito tipo tentou dizer que era nosso colega mas não acertava numa das disciplinas de qualquer ano das actividades escolares do ISCEF, de seguida arriscou dizer que era estudante liceal, (hoje diria do ensino secundário…), mas acertou logo num daqueles liceus que tanto Salazar quanto Caetano teimavam em manter somente feminino e ele de feminino nada tinha… Que Fazer com ele? Depois de variadas sugestões, (e pena tenho hoje em não ter levado a todas elas menos à que optámos por seguir), alguém se aproximou recordando-nos que era do “Estar na Luta”, (do MRPP enfim, pois à época não era do pé para a mão se que assumia a opção partidária, preferindo-se usualmente usar uma sigla estudantil – associativa, como o estar na Luta), e que eles, como tinham um comício Contra a Repressão no anfiteatro de Económicas, viam com bons olhos que o dito pide fosse exposto no referido Comicio, como prova de que em Económicas se fazia o Combate a quem usava da nossa Liberdade para fazer relatórios para os meios repressivos, enfim a PIDE/DGS. Errámos e acedemos a entregar o dito personagem para o pessoal do Estar na Luta. Digo errámos porque, sintetizando a história, desta situação sucedeu a Morte, a tiro, de pistolas da PIDE DGS, de Ribeiro dos Santos, estudante e dirigente do MRPP. Morte que se teria poupado se tivéssemos seguido outras vias, como despejar o pide, nu, nas ruas…. Conto esta historia porque se viveu um Combate, Antifascista e Anticolonialista, em Portugal onde morreram pessoas, como aconteceu a Ribeiro dos Santos! Combate onde esteve, mais velho que eu, antes de mim por isso, Manuel Alegre. Poeta, escritor, político democrata, Homem do 25 de Abril e do 25 de Novembro, que aprendi a respeitar ouvindo-o pela rádio, antes de o ouvir nos Comícios do PS! Homem que não vergou à ambição do salazarento Salazar que, ao impor-nos, além de uma ditadura de mais de 40 anos, uma Guerra Colonial de 13 anos, que se teria poupado, já o escrevi, se Botelho Moniz, ministro de Salazar, não tivesse sido demitido a golpe de “militares”, traiçoeiramente. Repito, traiçoeiramente. Numa traição que nos custou, a todos os do Império, financeiramente, os olhos da cara, e humanamente, as vidas dos muitos que morreram. Mas que custou ainda mais em Angola, com 27 anos de Guerra Civil, mais de 10 em Moçambique, etc. Tudo inutilmente e servindo os interesses dos que como os salazarentos, desfruíram da pior forma, um Império, e iam deitando para o caixote do lixo 5 séculos de História da Humanidade! Felizmente venceu a Democracia, venceram os que como Manuel Alegre por ela lutaram. Eis porque é tempo de termos, nesta cinzenta e pseudo economicista crise em que vivemos, um Poeta na Presidência da Republica. Houve outros em outros países e a experiencia deu resultado! Porque não cá? Joffre Justino E-mail : jjustino@epar.pt Blog pessoal: coisasdehoje.blogs.sapo.pt/ De: Luiz Magalhães - Arquitectos, lda [mailto:ljbm.arquitectos@sapo.pt] Enviada: sexta-feira, 3 de Dezembro de 2010 11:03 Para: Luiz Magalhães - Arquitectos, lda Assunto: FW: FW: Votem...Um TRAIDOR À PRESIDÊNCIA !! Assunto: Votem...Um TRAIDOR À PRESIDÊNCIA !! PARA QUEM AINDA NÃO O CONHECE...AQUI VAI UM PEQUENO EPISÓDIO DO SEU MUITO VASTO CURRÍCULO, COMO TRAIDOR, REFRATÁRIO E DESERTOR... --------------------------------------------------------------------------------------- ...E AINDA HÁ QUEM QUEIRA ESTA "COISA" !! PARA PRESIDENTE DA REPÚBLICA. DEPOIS DO SOCRAS , SÓ NOS FALTAVA MAIS ESTE !!! ...POR MIM, VENDO JÁ A MINHA QUOTA DE PORTUGUÊS AO ALBERTO JOÃO OU AO ZAPATERO OU MESMO AOS CHINESES........... A memória é lixada... Fins de 1968 O Alegre Dois alferes pilotos do mesmo curso, o Lamy e o Lopes, do AB.3 Negage, descolam para um voo de rotina num Do27. O cacimbo estava cerrado e ao regressar à base enfiam-se a voar por um morro, tendo ambos falecido no impacto. Seria este simplesmente mais um triste caso de indisciplina de voo a ceifar a vida de dois jovens, não fosse um revoltante desenvolvimento: à noite ouvimos, na camarata da BA.7 Aveiro, a inconfundível voz do traidor Manuel Alegre, através da "Rádio Portugal Livre", emitida da Argélia, regozijar-se por mais esta "vitória dos combatentes da liberdade de Angola" (isto apesar do inimigo não ter tido qualquer actuação neste acidente). A pergunta é simples: Será que algum Alemão que tivesse colaborado com os Ingleses ou um Francês que tivesse colaborado com os Alemães ou um Japonês que tivesse colaborado com os Americanos teria algum futuro político no seu país no pós-guerra ? Quando é que vamos parar de aceitar que traidores, refractários e desertores dominem a política em Portugal ? "AMIGOS NÃO SE DESPEDEM, MARCAM UM NOVO ENCONTRO"
publicado por JoffreJustino às 17:24
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Primárias - Uma Otima Pro...

. O 11 de Setembro e eu pr...

. Um recado a Henrique Mont...

. Na Capital Mais Cara do M...

. Há Asneiras A Não Repetir...

. “36 Milhões de Pessoas Mo...

. Ah Esta Mentalidade de Ca...

. A Tolice dos Subserviente...

. A Típica Violência Que Ta...

. Entre Cerveira e a Crise ...

.arquivos

. Julho 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds