Segunda-feira, 8 de Novembro de 2010

P´rá Frente Brasil!(4) Entre BRIC’s e PIG’s…

E para que se entenda melhor as razões do meu entusiasmo pelo Brasil nada como relevar o seu crescente papel neste tempo de Globalização. Orgulho que devia ser, por parte de Portugal, o papel que este país teve na construção do Brasil, e do surgimento desta potencia regional, tem gerado somente especial atenção do Governo de Socrates. O mesmo tem incentivado fortemente o reforço relacional entre Portugal e o Brasil, enquanto que sobre ele predomina o silencio na comunicação social portuguesa e por entre as elites aqui dominantes….à excepção claro das telenovelas e das noticias sobre os tiroteios oriundos das favelas, e do “caso” Duarte Lima, personalidade, sempre polémica, do PSD. No entanto, como escreveu em o Globo o embaixador brasileiro António José Ferreira Simões, de certa forma citando Darcy Ribeiro, “Hoje está claro que as navegações ibéricas produziram uma transformação no mundo…Os poderosos centros comerciais da Itália cederam lugar a Espanha e Portugal…”, o que mostra o como se preocupa o Brasil, que não Portugal, com o seu passado, sem negligenciar, como veremos, o presente e Futuro. Recordando de novo o citado embaixador vivem-se hoje dias que se podem assumir como revolucionários, mesmo que escondidos na panóplia de tristezas que nos querem impingir. Assim, vivemos já dias de deslocalização das riquezas também, e, desta forma, “Entre 1990 e 2007, o PIB mundial passou de US$ 22 triliões para US$ 54 triliões – sendo que metade deste crescimento se deu nos mercados emergentes. Em 2030, Brasil, Índia, China e Rússia, os Bric’s, representarão 50% da produção mundial”! Este acelerado crescimento económico brasileiro, com Lula e o PT, tem sido feito a par com uma significativa distribuição da riqueza, gerando, pela primeira vez, um enorme aumento do Mercado Interno. Tal é um elemento central da mudança. O enriquecimento não satisfaz somente interesses de minorias, financeiras ou industrialistas, mas corresponde também a um enorme e generalizado aumento da capacidade de consumo dos brasileiros. À custa de uma politica governativa que não se satisfaz com os discursos “anticapitalistas”, à PCP e BE, ou neo liberais, à CDS e PSD, mas sim com discursos desenvolvimentistas, à PT, mas também do PC do B, que se encontra coligado com o PT, o PT que o PCB, os antigos comunistas pró soviéticos consideram de agente do grande capital e do imperialismo, (onde já ouvimos este discursos…?), e claro, até do oposicionista PSD de Serra, que não perde uma oportunidade de elogiar Lula, sempre que ataca a herdeira de Lula, Dilma Roussef. Agendemos que o embaixador que cito surge cometendo, no texto em causa, um erro de apreciação sobrevalorizando a inserção do Brasil no contexto da América Latina e negligenciando a lógica dos dos de hoje, Planetária. Mas na verdade, que fazem, para mudar, para acompanhar os esforços de Socrates,as elites pensantes portuguesas e os seus canais de comunicação? Sustentam o silencio, estúpido, da inveja, da ignorância, sei lá… Entretanto, alguns britânicos iniciaram já uma outra denominação para Portugal, a Itália, a Grécia e a Espanha – a de PIG’s, (porcos). Denominação que foi de imediato fortemente criticada pelo Ministro das Finanças português, como denominação racista, não originou, não se viu, qualquer denuncia por parte dos meios académicos portugueses, ou nos meios políticos da oposição, (nem nos sempre atentos e “nacionalistas” atento CDS e PCP), como seria de esperar. Enfim, já não falo da comunicação social sempre submissa ao que vem das estranjas, em especial, hoje, as anglófonas, mesmo que sejam oriundas de incompetentes “bófias” como o dito “Serious” Fraud Office de triste fama e incompetência. Visivelmente, para alguns claro, há que limpar a zona euro, há que expurgar esta zona dos resquícios do partido socialista europeu dando á zona euro o brilhantismo da sra Merckel, do sr Sarkozy, e, claro, do neófito e muito conservador britânico Cameron… É evidente que o desejável era que a economia portuguesa, que os empresários portugueses, que as elites portuguesas, aprendessem com os emigrantes, portugueses, que, no Brasil, lutam por um lugar ao sol neste país de expressão portuguesa, por entre abandonos dos tais negócios estrangeiros de Portugal que são, a maior parte das vezes, de bradar aos céus e em nada acompanham a politica externa do primeiro ministro, (para quê? O diplomata tem de se eleito? Claro que não é um belo de um funcionário publico…). Era também desejável que em Portugal as elites, do CDS ao BE, olhassem para a realidade brasileira para com ela, de uma vez por todas, aprendessem…mas, que fazer? O Lula é um genuíno sindicalista, não um de aparelho partidário…e o Serra ainda é dos leaderes que se orgulha do seu combate à ditadura. E, assim, lá continuaremos, neste espaço de expressão portuguesa, a deixar que nos denominem de pigs, de porcos enfim, sem que haja uma estalada bem dada a um desses “serious” e mui british intelectuais que, nos EUA, chacinaram nações índias inteiras. Ah Brasil, em ti resta a esperança. Joffre Justino
publicado por JoffreJustino às 13:33
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Primárias - Uma Otima Pro...

. O 11 de Setembro e eu pr...

. Um recado a Henrique Mont...

. Na Capital Mais Cara do M...

. Há Asneiras A Não Repetir...

. “36 Milhões de Pessoas Mo...

. Ah Esta Mentalidade de Ca...

. A Tolice dos Subserviente...

. A Típica Violência Que Ta...

. Entre Cerveira e a Crise ...

.arquivos

. Julho 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds