Sexta-feira, 17 de Junho de 2005

um texto de Carlos Muralha

Após atenta análise ao teu blog, que muito gostei e admiro (tens de me ensinar como se faz uma coisa igual), venho por este meio e conforme solicitaste e eu prometi fazer alguns comentários sobge o mesmo.



Adorava ver seu tornozelo



Sobre este texto, só me refiro a ele pois foi especificamente o que me solicitaste. Só tenho a dizer que concordo absolutamente e se me permites assino por baixo.



Dos Orçamentos às Politicas



Concordo basicamente com tudo excepto com as conclusões, pois quanto a mim o problema não está na formação do comum dos portugueses, mas sim noutros aspectos que não são politicamente correctos de referir. Só a titulo de exemplo:



1) A economia paralela em Portugal é de 70% do valor de receitas geradas no País. Bastava levar este valor para níveis de países ditos civilizados e resolvias quase todos os problemas do défice. Se quiseres posso te dar exemplos de bradar aos céus.

2) Formação sim, mas às classes dirigentes. Se eu em casa for mal-educado, tenho 99% de probabilidades de ter um filho mal-educado.

3) Se o estado não cumpre, porque tenho eu de cumprir?? E se eu cumpro o que ganho com isso?? Relembro que os malandros também dormem descansados.





Uma União Europeia Egoísta



Sobre este é que eu não concordo absolutamente nada (desculpa lá ser tão bruto). Gostaria de esclarecer, e por uma questão de justiça e transparência, que sou absolutamente contra esta Europa global e sem direito á diferença e ao individuo. Assim vou expor algumas das razões que quanto a mim levaram ao não dos países que ainda têm indivíduos que pensam por si e não são rebanhos de partidos ou pseudo-lideres.



1) Quem votou NÃO, foi o lavrador que tem 3 vacas na sua pequena quinta perto de Amiens, onde faz a sua própria manteiga, bebe do seu próprio leite e tem o seu próprio queijo, e de repente o governo de Bruxelas diz que tem de matar as vacas e comprar leite, queijo e manteiga da Holanda ou da Irlanda, pois as cotas assim o obrigam. Mais ainda lhe diz passado algum tempo que as vacas dos outros países estão contaminadas com uma loucura qualquer e que ele podem de repente começar a bater com a cabeça na parede do estábulo. Esta Europa não obrigado.

2) Quem votou NÃO, foi o lavrador que tem 1 hectar de vinha, onde faz o vinho para si e para a sua família, com excelente qualidade e barato, e lhe dizem que tem de arrancar a vinha e comprar o vinho no supermercado a preços exorbitantes e de baixíssima qualidade.

3) Quem votou NÃO, foram os habitantes das vilas e cidades que se aperceberam disto tudo. Reconheço que também há os politicamnete influenciáveis, mas esses não são os que fizeram a diferença.

4) Quem votou NÃO, são os que apesar de terem preocupações sociais e económicas, não querem que os seus filhos deixem de aprender Francês ou Flamengo ou sua língua mãe e deixem de ter amor ás suas raízes culturais e patrimoniais. Deves compreender isto bem pois já te ouvi falar várias vezes sobre Angola e sei o que sentes sobre a tua Pátria.



Muitas mais razões há para votar NÃO a este projecto especifico de Europa, mas desafio-te para um almocinho para trocar-mos pontos de vista.
publicado por JoffreJustino às 00:57
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Primárias - Uma Otima Pro...

. O 11 de Setembro e eu pr...

. Um recado a Henrique Mont...

. Na Capital Mais Cara do M...

. Há Asneiras A Não Repetir...

. “36 Milhões de Pessoas Mo...

. Ah Esta Mentalidade de Ca...

. A Tolice dos Subserviente...

. A Típica Violência Que Ta...

. Entre Cerveira e a Crise ...

.arquivos

. Julho 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds