Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2007

OBama é Branco(ou a publicidade encapotada do Não Obrigado)

Barack Obama é um senador americano, e, segundo o Publico é filho de “pai negro e imigrante do Quénia e de mãe branca da chamada “middle América””, além de ser um potencial candidato democrata às Presidenciais americanas.

Estranhamente, o Publico, jornal português, (que eu saiba), escreve o que segue nessa mesma noticia, “Barak Hussein Obama, 45 anos, não é o primeiro negro…”, o que coloca este senador no contexto de uma das minorias americanas, a afroamericana, conceito bem mais adequado, dentro do contexto discursivo dos que por lá vivem.

No entanto, na verdade, é o mesmo Publico que desmente este noticia, na mesma noticia, porque nos informa que Obama tem uma mãe branca.

Ora, tendo uma mãe branca, porque raio há-de ele ser considerado negro? Só porque tem um pai negro?

Em Portugal há séculos que este assunto está resolvido.

Obama é, mulato, mestiço, miscigenizado, o que quiserem.

O que ele não é de certeza é negro, ou branco…

É certo que nos EUA esta distinção, por razões evidentemente racistas, (lembremos Luther King que teve a 15 deste mês o seu dia americano, hoje com direito a ser feriado nacional…), não existe.

Mas, que eu saiba, ela existe em Portugal.

Trata-se de uma forma de “fazer jornalismo” que me espanta, esta de nos ir preparando sabe-se lá para quê, (excepto para defender o direito a nós todos do mundo votarmos nas eleições presidenciais americanas, já que os EUA são o Império sobre o Mundo e defendem a Democracia…), com escritas que nos adequam a formas de pensar que nunca foram do espaço de expressão portuguesa.

Facto que aliás é repetido na noticia “Agências de comunicação prestam serviços para Plataforma Não Obrigada!”, também do Publico, também do mesmo dia.

À primeira vista parece que estamos perante o relato do “furar um vazio da lei”, por parte destas agências de comunicação. Se o fosse, estaríamos perante uma noticia interessante e de parabenizar.

Mas não.

Na verdade a noticia serve para divulgar os clientes que uma agência de comunicação tem. Ora tal só pode ser apresentada enquanto noticia que é publicidade encapotada, certamente forma de pagar um serviço “gratuito”, pois o espaço ocupado no Publico pela noticia, custa dinheiro e sendo feito de forma a não parecer publicidade vale ainda mais dinheiro!

Por onde andamos nós?

Que estamos a fazer, Nós Leitores, se não protestamos com esta forma encapotada de usar o espaço que pagamos para ler noticias, para se fazer publicidade aos amigos dos amigos?

É pouco, direi mesmo, nada ético este comportamento.

Esta campanha neste Referendo está a ultrapassar os limites do aceitável em Democracia, no que aos do Não ao Aborto diz respeito e há que dizer que estes procedimentos são moralmente inadequados e fortemente condenáveis.

Prefiro bem que digam que Obama é negro, embora seja um erro crasso, a que façam de mim um tolo obrigado a engolir como noticia um acto de publicidade.

E, assumo, estas estorias deixam-me com a certeza de que entre os que defendem o Não ao Aborto há demasiados sem ética, sem valores e sem princípios, para meu gosto.

Há a necessidade imperiosa que tal seja dito aos restantes. Por forma a que eles se afastem do erro, ético, moral e espiritual.



Joffre Justino
publicado por JoffreJustino às 19:54
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Primárias - Uma Otima Pro...

. O 11 de Setembro e eu pr...

. Um recado a Henrique Mont...

. Na Capital Mais Cara do M...

. Há Asneiras A Não Repetir...

. “36 Milhões de Pessoas Mo...

. Ah Esta Mentalidade de Ca...

. A Tolice dos Subserviente...

. A Típica Violência Que Ta...

. Entre Cerveira e a Crise ...

.arquivos

. Julho 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds