Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2007

Um texto da minha amiga Adelaide Oliveira sobre o Aborto

Meu querido Joffre,



Reli o teu escrito magnífico sobre o aborto. As questões que abordas são de facto como dizes, mas ficam de fora outras questões que merecem reflexão.



É claro que vivemos num sistema de valores que não favorece a procriação. Quanto mais ditas desenvolvidas são as sociedades, menos tempo há para pensar em filhos, já para não dizer "fazer" filhos". As pressões profissionais são cada vez maiores. Os jovens quadros são absolutamente escravizados pelas empresas. A obsessão das carreiras, a angústia pela insegurança no trabalho, o consumismo...tudo isso que tu sabes. Tudo se tornou caríssimo. Pergunto-me de que fibra são feitas as heroínas que numa sociedade destas, conseguem manter uma carreira e ser eficiente, conseguem gerir a logística de uma família, conseguem cuidar de si própria de forma a manter uma imagem aceitável no seu trabalho e ainda cultivar-se espiritualmente e fisicamente para manter o "eros", tão importante na sua relação de casal?....



Como sabes, nesta sociedade desenvolvida em que vivemos, em que as poucas crianças que nascem são sobredotadas, não serve qualquer escola, os colégios são caros, e segue-se o rol de actividades intermináveis e as marcas e...um largo etc. Bom, mas passaríamos a outro capítulo e não é esse o tema. Isto é apenas um àparte, mas é uma parte do problema da diminuição demográfica nas sociedades desenvolvidas.



Claro que coabitamos num vespeiro de hipocrisia e esvaziamento de valores. Há muita gente só e vive-se num egoismo e comodismo enorme. Muitos homens defensores dos bons costumes acham perfeitamente normal e aceitável explorar a fragilidade e os sentimentos de mulheres que estão sós. Quantos, dentro e fora dos casamentos, perante uma gravidez provocada conscientemente, não se demitem do papel de pais? Quantas denúncias são feitas desses homens??? Esses que se prontificam imediatamente a pagar os abortos em Espanha ou em Londres?...



"Do outro lado do cenário" observamos embalagens muito bem apresentadas de produtos nauseabundos. E se muitas vezes não são denunciados, é para que as famílias se mantenham unidas, mas acredita que conviver com o conhecimento de certas realidades dá um nó muito grande no estômago. Não sei de que forma elevada se pode abordar a questão, mas faz-me lembrar a história daquele rei que ia nu...



Os jovens devem ser esclarecidos e apoiados, mas os adultos têm de ser moralizados.



Querido Joffre, aprecio e agradeço o teu empenho em defender que as mulheres sejam despenalizadas por abortarem. Só Deus e elas sabem os infernos a que descem numa situação dessas. Infelizmente, se a nossa sociedade não estiver disposta a rever uma série de valores, vai-se suicidando alegremente.



Conheço um lugar no Tirol onde vou de vez em quando passar férias, chamado Alpbach. Achei curioso o que me contaram lá. Não há divórcios, imagina! E há muitas crianças, embora muitas delas sejam parecidas com os vizinhos. Mas todas vêm ao Mundo e ninguém fala das parecenças. Tudo é criado na graça de Deus, no meio daquela Natureza magnífica que Deus protegeu dos homens. É claro que quando dois jovens dali começam a namorar, vão consultar uma velha senhora para se certificarem de que não são irmãos... Se queres saber, gostei desta história.



Desculpa o desabafo, mas apeteceu-me conversar contigo.



Um beijjinho



Adelaide Oliveira
publicado por JoffreJustino às 10:54
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Primárias - Uma Otima Pro...

. O 11 de Setembro e eu pr...

. Um recado a Henrique Mont...

. Na Capital Mais Cara do M...

. Há Asneiras A Não Repetir...

. “36 Milhões de Pessoas Mo...

. Ah Esta Mentalidade de Ca...

. A Tolice dos Subserviente...

. A Típica Violência Que Ta...

. Entre Cerveira e a Crise ...

.arquivos

. Julho 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds