Sexta-feira, 8 de Junho de 2007

GOVERNO MUNDIAL E GLOBALIZAÇÃO, um artigo do meu amigo Eugénio Ferreira

GOVERNO MUNDIAL E GLOBALIZAÇÃO

1. A ideia não é nova .As ideias usualmente nunca são novas nem nascem ,por norma , num único sítio . Aliás , se por essa via se fosse , logo se deveria fazer uma distrinça clara entre quem ao longo da história é produtor e quem fica na história como difusor . Nos dias de hoje , com tecnologias de ponta interessantíssimas , caso não haja nenhuns malucos que destruiam quase tudo num ápice , é possível descobrir formas de equilibrar , com alguma eficácia eficiente,a técnica e o trabalho de difundir e a técnica e o trabalho de produzir .

2. Com esta história da liderança da globalização , sem ser através da luta entre os Governos defensores do capitalismo privado e os defensores dos Governos que defendiam o capitalismo estatal , por parte dos Afilhados de Reagan , o mundo virou uma anarquia equilibrada em muitos espaços , mas a desordem e a barbarie prolifera em muitos outros. E neste campo , a par de uns meninos imberbes que ainda sonham com a sua imposição no mundo , através daquela ideologia muito antipática que nos fala de eu e o mundo , o mundo a meus pés , eu acima de tudo rodeado pelo mundo abaixo de tudo ( alías a educação liberal vai cada vez mais nesse sentido, para que esses meninos securitários comecem a " estacionar" socialmente ACIMA do vulgar de todos os cidadãos do globo ), há aqueles que , armados desde há uns largos lustros de anos em SALVADORES DO UNIVERSO , a maior parte das vezes porque não reflectem nem ideali-zam que há outros cidadãos , de outros cantos da terra , que também pensam , também reflectem , também têm ideias tão boas como as suas , também são gente que luta em busca de reconhecimento . Mas esses Salvadores do Mundo , descobriram que tem de ser os Novos Chefes do Universo . Porque , na sua lógica - e com toda razão - essa coisa de haver quem se preocupe primeiro com a festão do mundo e aparecerem depois uns rapazes a aproveiterem-se das nossas ideias , isso não pode ser . Pois é .

3. É aqui que entram os movimentos sociais e políticos que , um pouco por todo o mundo ,claramente se mostram contra essa estratégia da SALVAÇÃO . E como resposta, não se fazem rogados . Cada vez que há um encontro de ricos numa capital do mundo , eles lá estão, atiram pedras, combatem a polícia , são eles aliás segundo as noticias das tvs e dos jornais que temos , quem tomam a iniciativa de fazer desacatos contra a HARMONIOSA POLICIA que apenas pretende que a ORDEM impere . E embora ainda haja muitos enganados , idealizando que isso de manifestações de rua são coisas do passado , já não devem ser feitas em países como os deles , pois revelam FALTA DE CIVILIZAÇÃO - DEVEM IDEALIZAR PODER MANIFESTAR-SE ATRAVÉS DA INTERNET ...E JÁ BASTA - , o que é facto é que , a começar de baixo para cima , com excepções pelo meio e vindas também de Poderes Políticos instalados , o que é facto é que esta " coisa " de se viver numa globalização liberal tem muitas vantagens , nomeadamente para as classes médias em particular a pequeno prazo , mas ninguém imagina , se o ritmo assim continuar , aonde é que isto vai parar . É que - É PRECISO NÃO O ESQUECER nunca - que esses rapazes que agora vão ficando sem a luta de classes dentro das empresas , ao nível dos Conselhos de Administração , são cada vez mais detentores de um Poder Ilimitado que abrange cada vez maior número de pessoas . É a americanização do mundo em processo rápido de corporativismo plural . Como resultado , vamos ter em vez de um Salazar , muitos salazares - até com alguma sorte se calhar ! - por esse mundo fora a competir , umas vezes através do marketing , cada vez mais através das correlações de força internas e externas às Administrações e , principalmente , ao papel dos gestores nos contextos em que se movem . Ou seja , a tal luta de classes , as lutas sociais , as lutas ou dinãmicas de interesses , passam ora para dentro , ora para fora de estruturas e organizações . Maiores e menores , micro-empresarias ou de Estados e federação de Estados. Tal como legal-mente estão ou podem vir a ser concebidas . E ainda há uns idiotas - peço desculpa pelo insulto não pessoal que se restringe apenas à defesa da ideia - que têm a lata de afirmar que o materialismo dialético acabou !

4. Assim sendo , e mais uma vez a luta entre o conhecido e o desconhecido aparece , independentemente da Geografia - SÓ O TEMPO ENDIREITARÁ ISSO CASO NÃO HAJA RESISTÊNCIAS " A MAIS " PELO CAMINHO - , há que retornar a campos onde a vida das pessoas e dos grupos pode ser sinónimo mais fácil de ARTICULAÇÃO DE INTERESSES e não DE UNIÕES PERFEITAS ou de EXPLORAÇÕES DESENFREADAS . Assim sendo , e porque ninguém é descobridor sózinho - a começar pelo descoberto que também o é - era capaz de não ser má ideia, começar a concretizar- até porque pensar já houve quem pensasse ,que em vez de manifs em torno do G8 , deveriam ser os próprios Estados a romper com idealismos - que não devem parar - mas a ficar-se pelo realismo do mundo que temos HOJE , e continuar paulatinamente a , com picareta e com frutos vários , descobrir que as ideias globais de um são tomense e de dois caboverdianos de há quase um século , adocicadas pelas propostas de vários portugueses e angolanos ao longo do século XX , não esquecendo alguns brasileiros que atrás disso foram , fosse BEM REFLECTIDA : a ) como meio de combate contra a estratégia da fortaleza sarkoziana , ultra-securitária a prazo ; b) como meio de combate ao Poder ÚNICO/SALVADOR acima difundido ; c) como forma de juntar esquerdas e direitas anti - AUTORITARISMOS GLOBAIS OU REGIONAIS .

EMF , produto de uma conversa com J.Justino do blog "Coisas de hoje "
Junho de 2007
publicado por JoffreJustino às 10:16
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Primárias - Uma Otima Pro...

. O 11 de Setembro e eu pr...

. Um recado a Henrique Mont...

. Na Capital Mais Cara do M...

. Há Asneiras A Não Repetir...

. “36 Milhões de Pessoas Mo...

. Ah Esta Mentalidade de Ca...

. A Tolice dos Subserviente...

. A Típica Violência Que Ta...

. Entre Cerveira e a Crise ...

.arquivos

. Julho 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds