Quinta-feira, 8 de Maio de 2008

Um Texto de Anibal Russo

Recebi, há já mais de um mês, de inúmeros "emissores" o link do youtube que abaixo refere.

Por afazeres profissionais e de outra ordem, ainda não tive oportunidade de ver senão os primeiros minutos do mesmo mas, conto vê-lo em breve, na sua totalidade.

Não é novidade para ninguém, que siga com um mínimo de atenção a realidade angolana, que de novo se prepara uma fraude eleitoral.

Vemos todo um cortejo de desvergonhas e afrontas à oposição, não só nos subornos com que tenta, com êxito nalguns casos, como no da UNITA, na criação das ditas renovadas como ainda na compra de consciências e votos a que o Sr. Presidente se te dedicado, nomeadamente com as generosas ofertas de dezenas de viaturas, às chamadas autoridades gentílicas, no Huambo.

Também pela criação das tensões politicas a que se tem assistido em Luanda, perceptíveis mesmo daqui, nada de bom espero das tais eleições, que não passearam ainda de promessas.

Quanto às alegadas diferenças abissais na distribuição da riqueza a que os Kamaradas se têm entretido, nem sequer comento.

O afamado slogan "o MPLA é o povo e o povo é o MPLA", só me desperta o mesmo desprezo que as frequentes alegações de que "os comunistas lutam pela liberdade".

Só se for a liberdade de destruir quem não alinha pela cartilha, como já fui alvo desses "humanistas libertários", apenas escapando, por manifesta incompetência dos executantes em várias ocasiões.

O desenvolvimento a que se vai assistindo, mais não serve do que mascarar as grandes negociatas e exportações de capitais para as "máquinas de lavar" europeias, quiçá, maioritariamente em Portugal.

A China limita-se a exportar mão de obra que sai das prisões e vai ocupar, nas suas empresas, o lugar que aos pobres angolanos deveriam ser destinados.

Mas a renegociação da dívida dos desvarios da guerra, não deixava grande margem de negociação.

Admitirmos que aquela nomenklatura ainda se dedica a realizar "conferencias de doadores", para matar a fome ao povo, o tal que diz defender . . . e não a denunciarmos . . .

Linkando este assunto ás afirmações do Sr. Geldof, feitas em Lisboa e face ao que pude ler na imprensa angolana de hoje não só, apenas me limito a reconhecer que o dito senhor se limitou a chamar os bois pelos nomes.

Quem não quer ser lobo não lhe veste a pele e não esqueço, que quem ainda hoje ocupa o poder no meu país de origem, são os mesmos que criaram o tenebroso PODER POPULAR, de triste e sangrenta memória, fizeram o 27 de Maio, onde vi desaparecer alguns conhecidos mas também muitos amigos e antigos colegas.

São os mesmos que roubam descaradamente e em conluio com os seus sócios internacionais, de todos os matizes ideológicos, da "impoluta" esquerda, os tais detentores da superioridade moral . . . à direita, seja ela extrema ou mais centrada.

Criminoso é, segundo julgo que constará em qualquer dicionário de língua portuguesa, é que pratica crimes.

Será que o senhor Geldof foi assim tão injusto para estes senhores?

O Emb. Assunção dos Anjos fez o que lhe competia, quanto mais não seja, para conservar o seu cargo.

Os promotores do evento, deveriam ter mais cuidado, na escolha das companhias e sociedades onde se metem e não olhar só aos cifrões.

Sempre quero ver onde vão os ditos senhores apresentar a dita queixa por difamação.

Que há interesses antagónicos em luta em Angola, todos sabemos que estas lutas, têm séculos.

Quase que me apetecia dizer que, o generoso solo e sub solo angolanos, desgraçadamente, não param de atormentar o seu povo!

Não sou assim tão pessimista como o Senhor, com a alusão à mexicanização da minha terra e nego que, não esteja à espera, que a liberdade e terra, porque o povo lutou, ainda a irei ver.

Se não de uma forma muito "ocidentalizada", pelo menos não tão . . . vermelha e negra.

Cumprimentos, Salutations

Aníbal J. Russo
publicado por JoffreJustino às 14:28
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Primárias - Uma Otima Pro...

. O 11 de Setembro e eu pr...

. Um recado a Henrique Mont...

. Na Capital Mais Cara do M...

. Há Asneiras A Não Repetir...

. “36 Milhões de Pessoas Mo...

. Ah Esta Mentalidade de Ca...

. A Tolice dos Subserviente...

. A Típica Violência Que Ta...

. Entre Cerveira e a Crise ...

.arquivos

. Julho 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds