Quinta-feira, 16 de Abril de 2009

Insistir na Unidade da Esquerda em Lisboa…

Perdoar-me-ão certamente esta minha teimosia, mas continuo a não entender como é que nos mantemos de costas voltadas, Uns para os Outros, nos actos eleitorais onde o que conta, antes do mais, não são as necessidades partidárias, os grandes objectivos partidários, nem mesmo os interesses partidários.

Por isso não entendo porque é que nas Juntas de Freguesia de Lisboa, nessas pelo menos, desejamos dividir, para mal reinar, em vez de unir para construir.

Sei que as Direcções do PCP e do Bloco de Esquerda já assumiram que pretendem ir a votos, sozinhas, nestes actos eleitorais que se aproximam.

Entendo tal para as Europeias – temos, à Esquerda, visões diversas sobre a União Europeia.

Entendo tal para as Legislativas – o PS defende a actual governação, (eu também, no essencial).

Custa-me, isso sim, acreditar que não seja possível estabelecer Acordos Eleitorais para as Autárquicas!

Em especial, para as Juntas de Freguesia! Em especial para e em Lisboa!

António Costa, e bem, procurou a Unidade da Esquerda para a Autarquia de Lisboa, e viu esta sua intenção ser afastada pelas Direcções do PCP e do Bloco de Esquerda.

A razão, a politica governamental do PS, desculpem-me, é absurda.

Daria direito a que todos os socialistas da CGTP pudessem dizer, assim não há Unidade…na CGTP.

Existem divergências que se manterão à Esquerda e, no que concerne às politicas de governação, elas serão para muitos e longos anos.

Aliás, defensor que sou da Diversidade, na politica à Esquerda também, tal não me afecta especialmente.

Sou, por exemplo, defensor de políticas anti estatistas, e considero, como muitos dos clássicos da Esquerda Mundial, que o estatismo não é, em si, de Esquerda.

Sou mais a favor da Autogestão, do Cooperativismo, do Associativismo, da Economia Social, porque considero que tais atitudes é que são atitudes de Esquerda.

Outros dirão o contrário e continuá-lo-ão a dizer, mesmo depois dos fracassos no Bloco Comunista, do século XX.

Portanto, não me incomoda que tenhamos visões diversas nas politicas governativas, já que elas partem de linhas de rumo tão diversas, umas assumindo o estatismo como revolucionário, outras assumindo-o quando muito como um estrito mal instrumental.

Mas não haver por tal Unidade no Poder Local?

E num Poder Local onde o determinante é recuperar uma Autarquia, como a de Lisboa, que foi delapidada anos a fio pelo PSD?

E num Poder Local onde já tivemos boas experiencias, com Jorge Sampaio e João Soares?

Mas mais - e porque não, no mínimo, a Unidade à Esquerda nas Juntas de Freguesia de Lisboa?

Onde o que conta é sobretudo a satisfação de necessidades imediatas dos Cidadãos?

Nenhum eleitor, à Esquerda, perdoem-me, entende tal!

Ainda estamos a tempo de rever esta situação – façamo-lo!


Joffre Justino
publicado por JoffreJustino às 14:15
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Primárias - Uma Otima Pro...

. O 11 de Setembro e eu pr...

. Um recado a Henrique Mont...

. Na Capital Mais Cara do M...

. Há Asneiras A Não Repetir...

. “36 Milhões de Pessoas Mo...

. Ah Esta Mentalidade de Ca...

. A Tolice dos Subserviente...

. A Típica Violência Que Ta...

. Entre Cerveira e a Crise ...

.arquivos

. Julho 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds