Sábado, 13 de Junho de 2009

Sim, o PSD ganhou as Europeias…mas Perdeu Votos! (vai uma manifestação contra o 4º Poder?)

Parece-me que alguns amigos e conhecidos meus entendem mal a necessidade de se ser rigoroso nas leituras políticas. Parece-me que alguns políticos analistas, como Pacheco Pereira se sentiram incomodados com o rigor de Pessoas que, como eu, disseram – atenção, o importante não está na vitória do PSD, está sim na derrota do Centrão!
É certo que o dito 4º Poder está com Pacheco Pereira, cantando ainda loas à vitória do PSD e acenando já com a nova AD ou, como fez Francisco Louçã, com a recusa liminar de coligações à Esquerda.
Pois bem, em muito errará o CDS se aceitar coligações pré eleitorais pois perderá margem negocial no pós eleições. E em muito perderá a Esquerda com este desvario trotskista de Francisco Louçã de recusa de coligações pós eleitorais que sejam à Esquerda, ou com discursos no PS sobre o “mantermos a linha definida mudando somente o estilo”.
É certo também que o dito 4º Poder, aquele que ninguém controla, o último, a par do 3º, o da Justiça, totalitário, se compraz bastante com a coligação da direita, com o sectarismo de F. Louçã e com a cegueira “dos estilos”
Ei! Estamos em crise estás a ver?, seria o que Pacheco Pereira titularia se fosse socialista, (acho eu…)….
Gostem ou não o eleitorado mudou. Não por causa da elevada abstenção, mas porque decidiu, uns poucos ainda mas em bom crescendo, alinhar com as margens partidárias que, assim, deixaram de o ser.
É certo que uma linha reformadora foi essencial para o País e será ainda muito útil. Portugal necessita, sem dúvida, de reformas.
No entanto é certo que ou as mesmas são feitas paulatinamente, compassadamente, integradas em ajustamentos que mantenham as Pessoas confortadas, ou o reformador que decidir continuar o ritmo acelerado de reformas, caminhará para o suicídio, deixando o Centrão aberto para o outro partido do Centro.
Há, pois, que alterar a linha dando agora espaço aos ajustamentos que confortem as reformas feitas, para continuar de seguida com mais reformas.
Há, pois, que ser humilde.
A crise não assusta os funcionários públicos, porque o são. Mas a crise assusta os trabalhadores do sector privado, porque vêm o emprego a desaparecer, o poder de compra por isso a esvair-se.
Há pois que saber gerir a impaciência criada pela premência das reformas que, reafirmo-o, são essenciais.
O país tem que estar no século XXI e não o está.
Mas concentremo-nos agora, por favor, nas Pessoas. Apostemos,

1. Na sua Qualificação, deixando-nos de burocracias inúteis e desperdiçadoras de tempo, aceitando as candidaturas não aprovadas o ano passado por limite de verbas, para os EFA, no combate ao Desemprego e à qualificação dos Desempregados, para a Formação Modular certificada, para as actividades de dupla certificação, escolar e profissional!
2. Na redução da Incerteza do Emprego, criando almofadas capazes perante o mesmo
3. Na sua Segurança, não pensando somente na criminalidade clássica, mas sim na moderna, na que polui sem regra, e incendeia a Natureza, na que vende droga pesada como quem vende coca cola, sabendo distinguir o haxe e o tabaco ou o álcool da coca ou da heroína
4. Na Sustentabilidade das Famílias não procurando inventar o inventado e sabendo que a Família é o reduto final do Cidadão e da Cidadã e que por tal tem de ser apoiada – reduzam os impostos às Famílias com mais de 3 crianças por favor, pois necessitamos de Crianças rápido!
5. No Reconhecimento dos dois lados da História de Portugal, a dos Combatentes da Guerra e a dos Combatentes contra a Guerra colonial dando-lhes o que merecem, respeito, consideração, prémio
6. Na necessidade de limitar os 3º e 4º Poderes, exigindo-lhes transparência, participação, rigor. Chega de conversa fiada e que expliquem porque raio é que o FreePort ainda está em cena, porque é que a comunicação social não põe o dedo na ferida – a Banca partidarizada, a que nasceu sob a protecção de algum PSD, portou-se mal e os seus responsáveis devem, como Oliveira e Costa, estar na cadeia, sendo criminosos não o Banco de Portugal, mas sim os que enganaram os clientes desses Bancos!
7. Aguardo pois que os meus amigos e conhecidos que sejam de Esquerda, que apoiem a necessidade de Reformas, que apoiem a Modernização do País estejam em condições de se manifestarem à frente do PUBLICO, da TVI e da Procuradoria geral em nome da Transparência, do Rigôr, do Fim da Manipulação jornalística, do forçar, com baixos salários e ameaças de desemprego, os jornalistas a escreverem o que o boss quer! Sugiro para o efeito uma Primeira Concentração à Frente de o PUBLICO para o dia 30 de Junho próximo!
8. Para tal aceito confirmações, ( a partir das 50 estaremos em condições de sermos Cidadãos com Direito a Sermos Ouvidos), até ao dia 20 próximo, para garantirmos a legalidade necessária nestas actividades.
9. Sugiro nada de palavras de ordem nesta Concentração, mas sim leitura de textos, de poemas e breves, mas mesmo breves, discursos políticos, sim políticos porque a Política Vale!
Joffre Justino
publicado por JoffreJustino às 14:47
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Primárias - Uma Otima Pro...

. O 11 de Setembro e eu pr...

. Um recado a Henrique Mont...

. Na Capital Mais Cara do M...

. Há Asneiras A Não Repetir...

. “36 Milhões de Pessoas Mo...

. Ah Esta Mentalidade de Ca...

. A Tolice dos Subserviente...

. A Típica Violência Que Ta...

. Entre Cerveira e a Crise ...

.arquivos

. Julho 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds