Quarta-feira, 8 de Julho de 2009

(2) Um Apelo Aos Intelectuais de Esquerda

PJ acredita que ex-responsáveis e partido beneficiaram de um milhão.
Falta apurar rasto final de verbas no BPN.
A Polícia Judiciária (PJ) suspeita que os ex-administradores dos CTT
Carlos Horta e Costa e Manuel Baptista, bem como o PSD, terão beneficiado
de um milhão de euros em notas resultantes de luvas por negócios ruinosos.
(IN JN)
“Precisamos de um ministro igual a este”,
(António Chora, da CT da Autoeuropa e do BE, sobre Manuel Pinho)


O Dr Francisco Louçã, se o caso envolvesse o PS, já teria feito uma das suas “geniais” e “pseudo infantis” Contas – 1 000 000 euros significam qualquer coisa como 143 trabalhadores a receberem um pouco mais que o SMN - durante um ano!

Só que este milhão de euros é um caso PSD, diz a PJ! Não foi para nenhuma conta de nenhum trabalhador – Nem do PS. É um caso PSD!

Daí o silencio?

Como se soluciona então este imbróglio, agora que a “esquerda consequente” e a Direita militante da Comunicação Social, apostam numa vitória do PSD?

O Publico resolve o problema com a simplicidade com que Estaline resolveu – ele anulou das fotos os adversários caídos em desgraça – isto é, nem noticia faz hoje do caso. O DN diz que a culpa é “da Maçonaria”, (bem, em Portugal existem pelo menos 8 Grandes Lojas…é o mesmo que dizer que a culpa é “dos cristãos”, envolvendo-se todas as Igrejas com esta raiz), mas lá vai noticiando que um autarca do PSD está envolvido no, novo, mais um, caso PSD.

Porque, lembram-se (?), podemos dizer que tivemos este ultimo ano, com este, já, 4 casos com o PSD, um deles com direito à 1ª prisão de um banqueiro e, Portugal, desde sempre!

É tempo de dizer Basta!

É tempo de levantar questões sérias à Esquerda como a premência de exigirmos relações de respeito entre a Esquerda.

É tempo de nós Intelectuais de Esquerda, isto é, nós os que reflectimos e agimos em nome da Esquerda, dizermos aos dirigentes eleitos pelos partidos e aos eleitos nas Eleições pelos Cidadãos, que a divergência é saudável que a variedade de opções à Esquerda sempre existiu, que o essencial é entendermos, de uma vez por todas que o insulto, a negação sistemática do Outro, só conduz a vitórias à Direita e não a crescimentos à Esquerda.

Volto a repetir, a Crise que o PS geriu foi, primeiro, uma crise herdada do PSD, (de Manuela Ferreira Leite sobretudo mas também de Santana Lopes), e em segundo lugar imposta a Portugal, ( que tem uma Economia fortemente relacionada/dependente com Exterior, desde o tempo da Expansão Marítima note-se), do exterior, por via da gestão danosa, fraudulenta, dos meios financeiros internacionais.

Volto a repetir, os lamentáveis 500 000 desempregados que temos estão abaixo dos 20 000 000 de chineses expulsos das cidades para os campos, (que raio de comunismo este…), dos 57 000 000 milhões de desempregados nos países da OCDE, do que sucede na Espanha, na França e na Alemanha, ( sendo que nestes países, já começou a funcionar o fecho das fronteiras à economia dos outros, como se viu recentemente pelas discussões havidas no Conselho de Ministros da União Europeia, uma forma xenófoba de travar o impacto da crise mundial, geradora de mais crise a prazo, mas que resolve eleições….).

Francisco Louçã e os intelectuais do PCP conhecem de cor e salteado a realidade económica mundial, mas esquecem-na, demonstrando a maior desonestidade intelectual imaginável.

Desonestidade que ficou patente no caso envolvendo o ministro da Economia Manuel Pinho.

Por um lado a ridícula figura de “virgem cristã ofendida” de Francisco Louçã e de Bernardino Soares fica-lhes mal.

Duvidosamente são virgens, duvidosamente serão cristãos, (mas é possível que o sejam…), duvidosamente ter-se-ão ofendido.

Mas se sentiram ofendidos, seria de todo útil que, demonstrando honestidade intelectual, exigissem que as televisões passassem, para a Opinião Publica, o que não aconteceu nunca, os dichotes de Bernardino, tal qual passaram no ar os cornos enviados por Manuel Pinho a Bernardino. Assim conheceríamos toda a história…

Porque não o fizeram?

Por outro lado, insisto, estamos no País do Bocage, do Bordalo e do Luis Pacheco, (poderia acrescentar muitos mais…). Caramba, neste pais onde o manguito se encontra em todas as tascas e restaurantes “ficar ofendido” por tão pouco, não será ridículo?

Será que foi a única forma encontrada de obrigar o 1º ministro a demitir um ministro?

Não será prova de total fragilidade demonstrar tal?

Mas, sobretudo, à Esquerda, é necessário chegar a tal?

“Precisamos de um ministro igual a este” diz António Chora, da CT da AUTOEUROPA, e da Comissão Política do Bloco de Esquerda, porque, sendo divergente do PS, sabe que não é com demagogias que o BE se afirmará, nem com ideias estranhas, como as que já recebi, de um pelo menos simpatizante do PCP, que me afirmava que mais vale um PSD no governo que o PS…

António Chora mostra que não é necessário.

A Esquerda não necessita destes desvarios vitorianos, ( vitorianos da conservadora rainha vitória do reino unido, o do “Serious” Fraud Office conhecem?)

A Esquerda não pode conviver com exigências sobre os trabalhadores do sector privado, onde e bem a CGTP defende a Avaliação de Desempenho, e facilitismos no Estado, onde a CGTP defende que a Avaliação de Desempenho é = a Autoavaliação…

A Esquerda não pode conviver com a Mentira, a Demagogia, a Manipulação na Comunicação Social só porque ataca o PS…

Não é possível silenciar este estado de coisas e há que travar este ambiente suicida à Esquerda, desde já.

Insisto, e insistirei, há que desenvolver a critica, de rua se for necessário, (e eu acho que é), à mentira, à Demagogia, à Manipulação, feita pela Comunicação Social e há que exigir do PCP e do Bloco de Esquerda, Respeito, Diálogo, Aceitação da Diferença!

• Eis porque entendo que Francisco Louçã e Bernardino Soares devem, um Pedido de Desculpas, publico, a Manuel Pinho e à Esquerda Socialista. E garanto que não me calarei sobre tal, lamento-o

Joffre Justino
publicado por JoffreJustino às 11:57
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Primárias - Uma Otima Pro...

. O 11 de Setembro e eu pr...

. Um recado a Henrique Mont...

. Na Capital Mais Cara do M...

. Há Asneiras A Não Repetir...

. “36 Milhões de Pessoas Mo...

. Ah Esta Mentalidade de Ca...

. A Tolice dos Subserviente...

. A Típica Violência Que Ta...

. Entre Cerveira e a Crise ...

.arquivos

. Julho 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds