Quinta-feira, 10 de Setembro de 2009

Um texto do meu amigo e Irmão António Jorge Carvalheira

Realmente aquilo que o Andrade Silva descreve, ajusta-se bem, na minha humilde opinião, claro.

Digo-te uma coisa: o PS e o governo actual estariam muito reforçados e consolidados se tivessem conseguido duas coisas intrinsecas entre si: "agarrar e plantar" empresas e indústrias em Portugal e, diminuir drásticamente o desemprego. Estes dois pilares são fundamentais. Óbviamente, que tudo o resto não poderia ser descuidado, pois isso também abriria pequenas fendas para a oposição "penetrar".

Repara meu Irmão. Tal como eu, muitos, mas muitos portugueses estão emigrados, porque perdemos aí nossas possibilidades de sobrevivência. Estamos fora, trabalhando, construindo, produzindo muito... e pouco ou nada aí fica.

Quero eu dizer, sem ofender ninguem nem nada que, mais uma vez Portugal deita borda fora muitos filhos/cidadãos produtivos... isto já é endémico desde a entrada da santa inquizição como podes verificar, por exemplo, recorrendo à tese do professor David S. Landes chamada "A Riqueza e Poreza das Nações". Estes filhos/cidadãos são resingões, barulhentos e nunca se acomodam; por isso mesmo são força viva de trabalho e produção: incomodam sempre.

Comigo é assim... preferia estar aí. Mas não é possível. A pesar dos meus conhecimentos, da minha experiência, de todas as tarefas que fiz pelo país, da vida que entreguei pelo desenvolvimento de Portugal, acabei por viver numa situação muito complicada. Para te dar um exemplo: a fim de conseguir manter os compromissos para com a Família, cheguei a passar fome! Sim... houveram muitos dias, semanas e meses, que só tinha uma pequena fugral refeição por dia... indo de vez em quando a casa da minha Mãe comer decentemente.

Achas justo isto acontecer a um individuo com meio século de idade e uma luta dura por um País? Como achas que me sinto relativamente a Portugal? Como achas que será a minha reforma portuguesa, depois de ter dado o melhor que tenho pelo país?

Tal como eu, tens milhares e milhares de Filhos de Portugal espalhados no mundo... e todos por causa do mesmo: sobrevivência honesta, séria e correcta.

Por isso, meu Irmão, Portugal perde, o PS desgasta-se, e outros países ganham (com a nossa mão d'obra e massa cinzenta), os Louçãs avançam, as Manuelas avançam, etc., etc., e um dia destes os nazis ganham muita força de um momento para o outro, quer queiras quer não e absolutamente independente da tua opinião.

Lembra-te destes dois pilares: empresas e emprego. Depois, o ensino, a saúde, a cultura, etc. e etc., devem ser sempre fortemente dirigidas para cima. Mas tudo o resto se torna mais fácil se empresas e emprego estiverem bem.

Desculpa esta retórica toda... mas agora, estou expondo a minha humilde opinião e o meu coração.
publicado por JoffreJustino às 12:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Primárias - Uma Otima Pro...

. O 11 de Setembro e eu pr...

. Um recado a Henrique Mont...

. Na Capital Mais Cara do M...

. Há Asneiras A Não Repetir...

. “36 Milhões de Pessoas Mo...

. Ah Esta Mentalidade de Ca...

. A Tolice dos Subserviente...

. A Típica Violência Que Ta...

. Entre Cerveira e a Crise ...

.arquivos

. Julho 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds