Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009

A Concentração de Votos Socialistas Com Manuel Alegre, O Apoio da Esquerda Socialista Ao Próximo Candidato Socialista, E As Conversas de Tretas…do PSD de Manuela Ferreira Leite e do BE de Anacleto Louçã

Nota1 – O Homem de Argel, a voz que vinha de Argel com as noticias do combate anti fascista, o cidadão de uma das vertentes da Esquerda Socialista, Manuel Alegre, explicou-se ontem, em Coimbra.
Entre a Esquerda possível no Governo e a Direita não há que ter dúvidas,
há que votar PS!
Em nome do Serviço Nacional de Saúde, de políticas sociais públicas de defesa dos mais desfavorecidos, de politicas económicas publicas onde se conte com o Estado, para a estabilidade da Economia,
há que votar PS!
Ganhou Manuel Alegre, com esta intervenção no comício do PS de Coimbra, o respeito de toda a Esquerda Socialista,
estou completamente certo de tal.
Porque a Esquerda Socialista não tem, em Portugal, a ingenuidade que conduziu a Esquerda Socialista alemã à cisão no SPD alemão e a esta sequência de vitórias da Direita alemã.
Porque a Modernidade não passa pelo PSD de Manuela Ferreira Leite, a leader mais à direita de sempre no PSD.
Pelo contrário.
E por isso há que haver este toque a rebate de toda a Esquerda Socialista e que Manuel Alegre soube, bem, liderar, com a sua voz, com a sua presença.
A Esquerda Socialista é, ela própria, plural.
Cabe, na Esquerda Socialista, uma vertente mais estatista e uma vertente mais social, onde me incluo.
Mas, também a Esquerda Socialista sabe reconhecer-se e saberá estar com Manuel Alegre,
toda ela, no Combate pelas Presidenciais.
Tal qual Manuel Alegre soube estar com todos os socialistas, pela Modernidade, com o PS, nestas eleições legislativas.
Todo o PS estará com ele na Presidenciais.
A Esquerda necessita de Unidade entre si, para ganhar as eleições. Alguma Esquerda anda a fugir a este principio, republicano, antigo em países como a França.
Por isso, entraram no fácil caminho da demagogia populista, na verdade de forte contexto reaccionário,
Como veremos abaixo.

1ª Treta – esta torna-se repetitiva pois, falhadas que foram as outras, (do Freeport a tudo o resto), onde o que se provou foi a presença de membros também do PSD, (Manuel Pedro do Freeport é ou foi do PSD e apoiante da candidatura presidencial de Cavaco Silva…), só restava a Presidência da Republica para tentar salvar a pele ao PSD de Manuela Ferreira Leite.
Note-se, entendo que é impossível ser-se apolítico, pelo que é natural que Cavaco Silva, PR, eleito por um eleitorado sociologicamente de Direita, apoie o PSD mais à Direita que jamais houve, o PSD de Manuela Ferreira Leite…o que não pode é esquecer-se que é o Presidente de Todos os Portugueses.
O que é inaceitável é que esteja na Presidência da Republica um assessor que pense que pode fazer de nós, simples cidadãos, burros.
Não o somos.
Eis porque uma iniciativa, falhada, abortada, inutilizada, há 17 meses, sobre hipotéticas escutas telefónicas, mais uma vez não provadas, não conta, não serve, 17 meses depois, em plena campanha eleitoral, a não ser para demonstrar o desespero pela vitória que acompanha a Direita do PSD.
A Presidência da Republica é a mais importante instituição do Estado Português, não pode imaginar-se coitadinha, feita sindicato de um sector profissional minoritário, nem associação empresarial de um sector de actividade com pouco significado.
A Presidência da República tem Poderes que a Constituição da República e a Lei lhe conferem, pelo que não pode apresentar-se, perante a opinião publica sem esses poderes.
Como não pode, por via de um assessor, pago pelos impostos de todos nós cidadãos, (pelo que não está na PR para ser partidário), transformar-se em correio de transmissão de “informações”, não provadas, para um meio de comunicação social privilegiando um deles contra os outros.
Em especial um jornal privado, de um dos mais importantes empresários portugueses, altamente privilegiado, nos últimos anos, pelas suas relações com os municípios portugueses, maioritariamente do PS, do PSD e do PCP.
A Presidência da República tem canais de comunicação próprios.
Só por tal este assessor deveria ter-se, já, e só por isso, afastado, ele próprio, do cargo.
Em nome da transparência, perante erros crassos e este foi um deles, é a medida, individual, adequada, a tomar, em democracia, pelo próprio.
Até porque, sendo sabido que este PR, Cavaco Silva, é um opositor antigo ao Bloco Central, à coligação PS/PSD, pois Cavaco Silva foi eleito leader do PSD contra o Bloco Central, em 1985, fica mal que a Presidência da Republica embarque neste desconchavo, imediatamente bloqueador deste modelo de governação.
Porque Portugal vive uma crise económica importada e não tem à sua espera os Fundos Comunitários que existiam à espera para Portugal, em 1986, ao tempo do governo minoritário de Cavaco Silva.
A situação actual exige pois a única atitude séria de Fernando Lima – a sua autodemissão.
Mas não deixa de ser urgente clarificar algo junto da dra Manuela Ferreira Leite – é ou não verdade, perante esta caso das “escutas” que a asfixia democrática acontece junto de apoiante seus – no caso José Manuel Fernandes, que, no Publico, espiolha todos os emails dos colegas, deixando de lado qualquer ideia de liberdade de expressão junto dos seus colegas jornalistas?
E, claro, hoje, sem dúvida, a necessidade da maior concentração de votos possível,
no PS.
2ª Treta. Não é transparente, nem sério, nem verdadeiro, nem justo, apresentar-se perante a opinião pública contra os benefícios fiscais obtidos através dos Planos Poupança Reforma, e, ao mesmo tempo, ter aproveitado os mesmos benefícios fiscais, por ter capital para tal.
Anacleto Louçã, Alda Macedo, Fernando Rosas, Miguel Portas, Mariana Alveca, apresentaram as suas contas com PPR, isto é procuraram esses mesmos benefícios fiscais que repudiam para os outros.
E para cúmulo, Ana Drago e Joana Amaral Dias, a Joana “voavoa”, surgem com acções. Onde?
Na EDP.
Que o BE quer nacionalizar.
E quem pagará as tais nacionalizações?
O BE?
Não. Nós, nós todos, nós, todos os cidadãos.
Quanto? Directamente, custaria a todos nós, segundo o EXPRESSO, nada mais que 51 mil milhões de euros, (daria 7000 euros a cada um dos 500 000 desempregados…se eu quisesse ser populista), o que significa um terço da actual divida pública do Estado, todos nós, o que com os juros da dívida tal significaria mais 160 mil milhões de euros a mais, para pagarmos, por N anos.
Não existem em Portugal telemóveis suficientes para serem taxados que permita justificar esta asneira!
Vale toda esta colecção de demagogia política.
Insustentável demagogia?
Não vale.
A não ser para entregar o Poder à Manuela Ferreira Leite, às descabeladas privatizações, (até a divida publica esta sra privatizou…para pagarmos, nós todos, ainda mais), e aos interesses dos Belmiro do Publico do José M. Fernandes.
Que enriqueceu já em demasia com a Democracia e que deveria começar a pensar, como um seu dever moral, em como distribuir racionalmente a sua já irracional riqueza.
Com um sentido de Responsabilidade Social e de Ética empresarial, que mostra não ter.
Até pelos salários que paga aos seus trabalhadores….
Votar BE para quê, então?
Com Manuel Alegre, concentremos os votos no PS, contra esta Direita que nos imagina – burros.
O que, de todo, não somos!

Joffre Justino
publicado por JoffreJustino às 13:45
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Primárias - Uma Otima Pro...

. O 11 de Setembro e eu pr...

. Um recado a Henrique Mont...

. Na Capital Mais Cara do M...

. Há Asneiras A Não Repetir...

. “36 Milhões de Pessoas Mo...

. Ah Esta Mentalidade de Ca...

. A Tolice dos Subserviente...

. A Típica Violência Que Ta...

. Entre Cerveira e a Crise ...

.arquivos

. Julho 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds