Terça-feira, 13 de Março de 2007

Eu e o Financiamento do Terrorismo

Hoje, 13.03.07, vem no PUBLICO que foram “Descobertos em Portugal seis crimes de branqueamento de capitais para financiar o terorrismo”.

É claro que já ninguém se lembra, mas entre Janeiro e Outubro de 2001 fui, não só acusado de ser terrorista, como fui, por tal, sancionado pelas Nações Unidas, pela União Europeia e pelo Estado Português.

Fiquei, por Despacho do MNE, proibido de ser empresário e cooperativista, e proibido de ser remunerado sob que forma fosse, (ainda que tal opção tenha sido, largos meses mais tarde, amenizada…).

Tive, na altura, um mês para vender todo o capital social que tinha em várias empresas e em uma cooperativa, todas construídas com o meu esforço e capital, por forma a que as mesmas não fossem também fortemente penalizadas, como ainda o foram, pois viram as suas contas bancárias, em fim de mês, bloqueadas durante uma malfadada semana .

Fui acusado, informalmente, de, por ser dirigente da UNITA, ser o gestor para a Europa dos dinheiros daquele Partido Político Angolano, mas, formalmente, a única acusação que me foi aposta foi a de “actividades políticas”.

O meu nome foi, assim, enxovalhado, colocado ao lado dos Bin Laden do mundo, e, sem direito algum à defesa, pois não tive sequer direito a qualquer julgamento, e vivi quase 3 anos neste estado de sancionado pelas Nações Unidas, pela União Europeia e pelo Estado Português.

Ainda hoje pago por tal, nas minhas actividades profissionais.

Seis anos depois das sanções e quase 5 depois da Paz, Angola continua a ser não uma Democracia, mas um regime prédemocratico e com largas percentagens da sua população a viver com um rendimento inferior a 1 dólar por dia.

Eu tinha pois razão quanto à exigente necessidade de um Regime Democrático para Angola e de combater por ele.

O tempo prova-o.

No entanto ainda não ouvi, nem das Nações Unidas, nem da União Europeia, nem do Estado Português, um único e simples pedido de desculpas.

Nem ouvirei, estou certo disso.

Também, entre 22 de Fevereiro de 2002 e Setembro de 2002, fui dos poucos membros da UNITA no Exterior que defendi acerrimamente o Memorando de Entendimento entre o MPLA e a UNITA que trouxe a Paz para Angola.

Cinco anos depois já ninguém se lembra, claro, de tal.

A História nunca fala dos derrotados.

Nem dos que reconhecem a derrota com Honra.

Mas a minha consciência está tranquila, em sintonia com Deus, em Paz com os Homens de Bem no Mundo.

Já vi muito entretanto.

Já vivi muito entretanto.

Mas não consegui resistir a recordar, perante uma pudica noticia do PUBLICO que nem refere quem cometeu os tais seis crimes de financiamento do terrorismo, que o meu nome correu e corre mundo, (ainda o tenho na INTERNET), sem receber um simples, “Desculpe lá o mau jeito”.

Mas estou de Bem com Deus e com os Homens de Bem.

Não poderão dizer o mesmo muitos outros, em particular os de entre os que me impuseram as ditas sanções…

E tal conta muito mais do que imaginam,



Joffre Justino
publicado por JoffreJustino às 12:48
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Primárias - Uma Otima Pro...

. O 11 de Setembro e eu pr...

. Um recado a Henrique Mont...

. Na Capital Mais Cara do M...

. Há Asneiras A Não Repetir...

. “36 Milhões de Pessoas Mo...

. Ah Esta Mentalidade de Ca...

. A Tolice dos Subserviente...

. A Típica Violência Que Ta...

. Entre Cerveira e a Crise ...

.arquivos

. Julho 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds