Sexta-feira, 17 de Junho de 2011

Não Há Crise na República Popular da China? Ah Pois Não….

Numa medida tipicamente de capitalismo de estado, em 2010, Janeiro, o Governo comunista da RP da China tentou ou terá retirado 20 milhões de chineses das cidades industriais, onde predomina a tese Um Regime Dois Sistemas, isto é onde o capitalismo mais selvagem é o dominante. (Qual Thatcher, qual Reagan…!). Tenho sido dos poucos a verberar contra esta inqualificável situação. Pois agora sabemos que, finalmente, há contestação social e política também na RP da China, e no “império do céu” enfim, os ditos deuses andam assustados. Durante esta vaga de crescimento económico, centrada nos muito baixos salários e nas exportações de baixa qualidade e baixo preço, (a que cá chamamos de “lojas dos chineses”), terão entrado no mercado de trabalho de capitalismo selvagem bem mais que 200 milhões de camponeses, empurrados para esta alternativa perante a degradação da actividade agrícola neste país, (alguns “oficiais economistas” apontam já para os 145 milhões de cidadãos a laborarem na RP da China por uma malga de arroz). Terá pois o governo comunista pensado que seria fácil retirar do mercado de trabalho 10% desta mais que miserável mão de obra e chegou como sabemos a anunciá-lo arrogantemente. Paga agora a factura com uma contestação social que se estende a cada vez mais cantos deste Estado. Iremos pois assistir a uma aproximação salarial, finalmente, entre os países desenvolvidos da OCDE e a RP da China e quando tal suceder a tendência para a deslocalização das unidades fabris e não só reduzirá significativamente, gerando mais postos de trabalho na Europa, nos EUA, etc. Enfim, o modelo chinês entra em derrocada e ainda podemos assistir à derrocada da própria RP da China se a sua elite não entender depressa que o tempo do capitalismo selvagem findou. Mas no entretanto, a crise Global continuará, apesar dos anunciados crescimentos económicos nos ditos países emergentes, entre os quais só confio na realidade no crescimento sustentado do Brasil onde Lula combateu a Miséria e Dilma parece querer seguir a mesma via! Recentemente vimos também um cidadão, dos “experts do Mundo” dos negativistas, (em Portugal temos o Medina Carreira), que se chama Nouriel Roubini, a anunciar o fim do euro, para já o fim a prazo do euro nos países “da periferia”, (a raiz étnica deste cidadão leva-o pelo menos a ter o bom senso de não usar os termos insultuosos como pigs e etc…o que já não é nada mau), como a única alternativa para a superação da Crise na Europa. Bem, esta tese não tem nada de original, Kissinger escreveu-a em cima do surgimento do Euro e eu próprio, humilde escriba, escrevi as minhas sérias duvidas quanto ao euro nessa mesma data! Porque, se é verdade que existe a mais descabelada estupidez instalada no Poder da União Europeia e a impedir que esta Crise seja superada com bom senso e em lógica de solidariedade Europeia, o problema real está precisamente no que no inicio refiro – a entrada a prazo da RP da China, enquanto Estado ou enquanto Estados vários, no campo do mercado efectivo com mais de 2 biliões de consumidores com capacidade de consumo! A alta finança que domina a Bolsa de NY não quer a Europa na divisão deste bolo e por isso nada como destrui-la desde já. E esta gentinha do Norte da Europa, achando-se “a perfeita elite”, pensando-se suficientemente protegida com o mercado russo e russo asiático, satisfeita na sua frágil gordura, alinha neste contexto e assume que a destruição da Europa só lhe convém, em especial depois de se ter reconvertido com os financiamentos comunitários que pôde introduzir na reconversão da antiga RDA, (lembram-se ?). A mesma gentinha que, depois de destruir o mercado agrícola da Espanha, com a historieta do e-coli, manda que Bruxelas, e não ela, pague as migalhas que puder à exangue Espanha! Desculpem mas não há saco! E ainda vemos nos jornais portugueses, (que depois das eleições até já sabem que a Grécia e a Irlanda estão bem pior ou iguais a Portugal), a mais total falta de debate de ideias e a preocuparem-se mais com um “debate” entre Soromenho Marques e Francisco Louçã que com o que à volta neste Global Planeta, nos está a suceder! Desculpem, há que assumir que não é aceitável que continuemos a ser governados por uns tantos cocainomanos de NY, a que se decidiu chamar de Agencias de Notação, e há que assumir que temos de exigir a Regulamentação deste sector Global de actividade, tal qual se regulamentou a actividade contabilística, publica e privada, ou a actividade de defesa da Qualidade! E aos que dizem que o essencial é “atacar o capitalismo” eu respondo – há sim que Democratizar a Economia de Mercado, antes que regressemos à economia das cavernas! Joffre Justino
publicado por JoffreJustino às 17:04
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Primárias - Uma Otima Pro...

. O 11 de Setembro e eu pr...

. Um recado a Henrique Mont...

. Na Capital Mais Cara do M...

. Há Asneiras A Não Repetir...

. “36 Milhões de Pessoas Mo...

. Ah Esta Mentalidade de Ca...

. A Tolice dos Subserviente...

. A Típica Violência Que Ta...

. Entre Cerveira e a Crise ...

.arquivos

. Julho 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds