Domingo, 22 de Maio de 2011

...

…Se Nem um Junta de Freguesia Sabem Governar…. Foi domingo, a passear na Guerra Junqueiro, Junta de Freguesia de S. João de Deus, PSD, que dei por esta lixeira de plástico, (lixo dificilmente renovável), em pleno passeio de uma das mais comerciais Avenidas de Lisboa, cuja foto vos deixo, acima! Este monte de lixo que fotografei era, somente, um dos montes que se espalhavam por toda a Avenida, denotando, a) Que algumas das lojas desta Avenida têm mesmo muito pouco respeito pelos lisboetas, pelos seus consumidores e, claro por elas próprias, pois a imagem que deixam com este lixo à entrada da loja, no caso a Zara, é desastrosa de civilidade e de noção de limpeza! b) Que o executivo da Junta de Freguesia em causa, PSD, se é o exemplo de como o PSD actual governa, deixa bem claro que a gestão da Crise que vivemos, se for feita pelo PSD, será um verdadeiro desastre, como aliás já aconteceu com a governação de Durão Barroso Lisboa é uma cidade turística. Pela sua luz, pelas suas cores, pelo seu Património, material e imaterial. Lisboa é a capital deste país com oito séculos de História. Lisboa, por isso, recebe mais de uma dezena de milhões de turistas, todos os anos, que se passeiam por esta capital, que compram nas lojas desta cidade, e que querem deleitar-se com a simpatia dos lisboetas, com a sua civilidade! Não é o que o executivo da Junta de Freguesia de São João de Deus está a fazer com este deixa andar, com esta total falta de noção da essencial higiene pública! (Como, também, os serviços camarários, diga-se….)! Mas, na verdade, compete às Juntas de Freguesia, pela sua relação de proximidade com a vida, económica, social, cultural, política, a gestão, o acompanhamento destas situações onde a responsabilidade primeira compete a uma parte dos comerciantes desta Avenida! Que, neste estilo, não merecem ter loja numa avenida central de Lisboa. O curioso é que se pode duvidar da presença do executivo da Junta, perante a foto acima, tirada num domingo à noite! Mobilidade neste executivo? Parece não existir, e bem ao contrário do que defende o PSD no seu programa, segundo o seu economista maior, Catroga. Que defende que a mobilidade dos cidadãos é essencial para a reformulação e modernização da economia portuguesa. O que aliás é uma abordagem adequada às limitações da actual economia portuguesa. Só que para ser feita com uma lógica que atenda à realidade social de hoje e não à realidade social de 1973, marcelista. Hoje, uma parte essencial da população foi incentivada, desde 1986, pelo consulado cavaquista em especial, a adquirir casa própria. O que é de todo impeditivo da mobilidade das pessoas e das famílias a não ser que existam contrapartidas do Estado que incentivem essa necessária mobilidade. Pois se a economia portuguesa não pode continuar a entender-se somente dentro de um limitado território, o litoral, e a deixar o interior desertificado como está, também é certo que não é socialmente aceitável, em especial tendo em conta este momento de crise que o Estado não atenda a medidas sociais para reestruturar este modelo fixista, herdado do consulado de Cavaco Silva! Que gerou já uma cultura de fixismo que impede que a cidade de Lisboa seja uma cidade dinâmica, limpa, animada, pois uma parte central dos que usufruem da cidade o fazem somente em tempo de trabalho e não em tempo de lazer e mais, quando uma parte não negligenciável dos espaços edificados de Lisboa estão, propositadamente, ao abandono, para caírem e para originarem mamarrachos “modernos” de betão estúpido feito e que em nada protegem os cidadãos neste ambiente natural, instável, que é Lisboa! Hoje a superação da crise que vivemos tem de ser feita tendo em conta a necessidade de estruturar um modelo económico radicalmente novo, fora desta ideia de que tudo depende das Obras publicas e da Construção civil e que a União Europeia nos impede de cultivar terras, de ter industrias e de aproveitar as águas e o mar ! Tudo ideias base que estruturaram este modelo que nos conduziu à actual falência e que não pode sobreviver que queremos sobreviver! Ideias que este governo que foi derrubado pela aliança CDS, PSD, PCP, BE, estava a combater, numa lógica reformista bem positiva, mesmo que com elementos erróneos é certo, como a falta de incentivo ao crescimento da economia social laica por exemplo, e que urge permitir, nas eleições de 5 de Junho, que se retome essa via!
publicado por JoffreJustino às 15:58
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Primárias - Uma Otima Pro...

. O 11 de Setembro e eu pr...

. Um recado a Henrique Mont...

. Na Capital Mais Cara do M...

. Há Asneiras A Não Repetir...

. “36 Milhões de Pessoas Mo...

. Ah Esta Mentalidade de Ca...

. A Tolice dos Subserviente...

. A Típica Violência Que Ta...

. Entre Cerveira e a Crise ...

.arquivos

. Julho 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds