Sexta-feira, 1 de Abril de 2011

Farinha do Mesmo Saco…Eu Não Sou! E Vocês? ( … E Apoia a Petição Pela Regulamentação das Agencias de Notação em http://www.peticaopublica.com/?pi=P2011N6501 já somos mais de 650!)

Agora estão aflitos! Agora descobrem que indo a votos há que saber se ganham, e, por isso, há que impor ao PS que seja ele a tratar com o FMI da rendição. E, assim, ao contrario do que diziam antes, e ou para outros temas, há que dizer que um governo de gestão já não o é, e há que fazer com que a traição seja alargada ao PS, já que a espúria coligação, CDS, PSD, PCP e BE, (os seus dirigentes relevo), essa já assumiu serem compostos por meros capatazes da Alta Finança Mundial, os patrões do FMI e das Agencias de Notação não regulamentadas e que rosnam, como rosnaram, quando a Comissão Europeia, timidamente mais uma vez, assumiu que há que as Regulamentar! Porque os autênticos Liberais, tal como os Socialistas, e os Verdes Europeus, estão contra a rendição ao FMI, e querem a Regulamentação das Agencias de Notação, o que não sucede por aqui, a não ser que o critico Santana Lopes o assuma, o que espero bem que sim. É brutal a pressão sobre o PS. Na comunicação social, por via da presidência da República, nos meios internacionais conservadores, todos pressionam Sócrates e o PS a vergar como vergaram, o CDS, o PSD, o PCP e o BE e a presidência da República! Eis porque continuo a gostar dos EUA. Lá, o Tea Party chama-se mesmo Tea Party, é o que é, e usa mesmo denominações conservadoras e não se mascara em siglas como PCP e BE… Os lobbies nos EUA são bem agressivos mas tudo está transparentemente assumido, legalmente regulamentado. (Enfim, quase tudo, mas o que não está virá a estar e mais cedo em geral nos EUA que na Europa, sempre tímida, sempre mal dividida, sem mal assumida…). Mas por gostar do EUA não preciso de ter complexos de inferioridade. Fui um freedom fighter com gosto, assumidamente e não necessitando de me mascarar continuei à Esquerda. Porque cedo entendi que a URSS não era o “paraíso socialista”, cedo, bem, um pouco menos cedo realmente, percebi que a República Popular da China também não o era. Mas não somos realmente farinha do mesmo saco. E muito menos hoje. Uns, aderem com grande facilidade à ideia de nos vergarmos ao FMI, com mais ou menos discurso, mas na pratica com bastante celeridade. Porque vivem bem, porque não sofrerão as consequências, dado o estatuto que acham que já têm. Nas Ásias, tal como na América Latina, (e claro até em Portugal), não são poucos os países que já perceberam que tal não é verdade, mesmo para as elites… Entretanto, por cá, a xenófoba cabeça de alguns leva-os a pensarem que sendo “europeus” nada lhes acontecerá, até porque os europeus, em nome da sua boa consciência, necessitam destas “esquerdas folclóricas”, para justificarem esta “burguês democracia”, (eis como eles entendem “estes assuntos”, “marxistas” que são). Desenganem-se e desenganem-se rápido, pois neste Mundo Global e tendo em conta que a mais importante potencia do Mundo tem múltiplas minorias, (e algumas até já deixaram de o ser…), é tudo menos europeia, e como a Europa não descola do lento crescimento, a verdade é que hoje, nesta Globalização, importante mesmo não é nem a Alemanha, nem a França, nem o Reino Unido, (o que desde Tony Blair os britânicos já o sabem…), pois importante mesmo são a China, o Brasil, as Índias várias, e talvez ainda sobre para a República da África do Sul. E o que está a suceder é muto claro – trata-se de destruir a União Europeia antes que ela acerte o passo, e vire competitiva, para dar espaço a estes novos emergentes, esses sim importantes, produtores e clientes baratos e não exigentes, e em grande quantidade e portanto ainda não competitivos. E destrói-se como deve ser – atacando os mais fracos, fazendo com que os mais poderosos os deixem cair, mas gerando sempre fragilidades crescentes nos antigos poderosos europeus, até que caiam também. Mao Tse Tung e Ho Chi Minh já ensinaram tal há muito, para não ir buscar estrategas bem mais antigos… Conhecem aquele poema primeiro foram os judeus e os comunistas(bem no tempo em que eles nada tinham a ver com os actuais portugueses…), depois os socialistas, depois todos os restantes opositores, até sobrar eu que nada fiz pelos outros e por isso caí também? É o que estamos a viver! Não é possível resistir? Claro que sim, claro que podemos resistir! Não com uma Assembleia da República que até o 25 de Abril já deixou cair claro! Com uma Nova Maioria Socialista sem dúvida. Mesmo que com defeitos evidentes, e abaixo deixo um email que recebi de quem sabe como devemos dinamizar estuários hoje no total abandono, o que não foi feito, mas porque souberam dizer Não ao FMI! Deixo-vos ainda uma carta irlandesa aos Portugueses, porque ainda há tempo para dizer Não! http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1817791 Caro Jofre, Dia 5 de Junho terei certamente uma prenda especial, uma nova reeleição do PS e do seu Secretário Geral... contrariando muitos "velhos do restelo" que só sabem dizer mal, fazer política de baixo nível e de "bota abaixo".... Parece que já ninguém se lembra como o santana lopes deixou as finanças do país, e que o embróglio dos submarinos ainda não pagos na totalidade e não operacionais, conforme foi contratado, já não interessa. Claro que como afirmas nos teus escritos o PS tem tido alguns (ou muitos) deslizes, negócios e nomeações para cargos "que nem lembra ao menino jesus como são feitas as nomeações... que logo são levadas para a opinião pública e de seguida são "desnomeados..." como que dando razão á oposição...! Restam bons exemplos, e infelizmente os jornais e televisão pouco relevo lhes dão: 1 - No caso do afundamento do petroleiro Prestige, ao largo a Galiza e norte de Portugal, um grande capitalista fez soar "as trombetas" e exigiu medidas de prevenção imediatas... mas como o Presidente do Governo da Galiza o sr. Tierno Galvan estava de férias e pretendeu continuá-las, até que a crise e o petróleo já estava em terra e estava a destruir o rico património em bivalves da costa, e sobretudo as criações de bivalves em aquacultura na costa e na orla maritima de ostras, mexilhão, perceves e outros moluscos e mariscos , assim como douradas e robalos - de que é principal accionista e proprietário o rico espanhol - patrão da cadeia ZARA, ficaram criadas as condições para a queda do Governo, e com isso o Partido Socialista da Galiza ganhou um Governo que nunca tinha ganho desde a morte do franco... 2 - No tempo em que o santana lopes estava no governo, soube de presença própria, quando fazia uma visita regular a uma empresa de aquacultura de Setúbal, que o jantar de uma recepção oficial a delegação estrangeira seriam várias caixas de ostras de Setúbal, e essa empresa, anos depois envia para o jantar do Presidente da República com o Principe Carlos umas caixas de robalos... são dois exemplos pela positiva da riqueza piscícola de Setúbal, que temos visto pouco defendida... 3 - A Ria Formosa, o Rio Sado e o Rio Tejo, assim como a Ria de Aveiro têm excelentes condições para a aquacultura... e passaríamos a fazer exportação de peixe e bivalves, em vez de importarmos ou permitir que os espanhóis paguem aos desempregados portugueses, para durante a noite apanharem berbigão, mexilhão, perceves e outros bivalves, assim como a rapina nas ribeiras das enguias bebés e juvenis, que são vendidas em conserva para a Europa como produtos espanhol... Como vamos passar a mensagem, de modo a que o novo Programa do nosso Partido possa ter estas realidades em conta?
publicado por JoffreJustino às 12:16
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Primárias - Uma Otima Pro...

. O 11 de Setembro e eu pr...

. Um recado a Henrique Mont...

. Na Capital Mais Cara do M...

. Há Asneiras A Não Repetir...

. “36 Milhões de Pessoas Mo...

. Ah Esta Mentalidade de Ca...

. A Tolice dos Subserviente...

. A Típica Violência Que Ta...

. Entre Cerveira e a Crise ...

.arquivos

. Julho 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds