Quinta-feira, 24 de Fevereiro de 2011

E O Que É Que A ZON Tem A Ver Com As Agências De Notação? http://www.peticaopublica.com/?pi=P2011N6501

Aqui há uns tempos o meu “amigo” Castela perguntou-me porque é que eu não falava do IEFP e “do Madelino”, em forte tom critico. Bem hoje vou explicar. Tempos houve, longínquos tempos, em que as guerras eram feitas com regras e uma delas era bem simples – não se matam os porta vozes das más noticias, só por o serem! Ora o IEFP é uma instituição que eu aprendi, há muito, a respeitar, entre todas as suas virtudes e erros. Primeiro porque trabalha bem, com credibilidade, e tem Pessoas bastante empenhadas. Porque o sei? Porque sendo a EPAR, Escola Profissional Almirante Reis, uma cooperativa de ensno que se preza de o ser, Parceira do IEFP em variadas actividades e há longo tempo, desde a Formação/Aprendizagem, anos noventa do século XX, à Empresa de Inserção, ao GIP, Gabinetes de Inserção Profissional, aprendemos a conhecer as Pessoas com quem os funcionários do IEFP, em geral, lidam, não diariamente, mas sim minuto a minuto – Desempregados de Longa Duração, Pessoas Altamente Carenciadas, especialmente fragilizadas na sua Auto Estima. Entre essas pessoas existem os chamados “profissionais do farniente” – ah, mas não tenham dúvidas! Não há economista dos renomados que não tenha já escrito que, em qualquer economia existem sempre entre 3% a 5% de pessoas cujo objectivo não é, nunca será, inserir -se social, cultural ou profissionalmente! Quem lida com esta actividade sabe por experiencia pessoal que tal é verdade, e conhece todas as historietas que se contam por aqui e por ali sobre tal . Mas existem depois todas as outras pessoas, e é dessas que vale a pena falar, apoiar, incentivar à Inserção! E, quando falamos dessas, estamos a falar, a título de exemplo de Jovens, ex modelos, que corajosamente regressam aos estudos para se qualificarem e aprenderem uma outra profissão, tendo entendido que o tempo de viverem estritamente da sua beleza corporal tinha terminado, ou de ex prostitutas que buscam outra via profissional, ou o toxicodependente, ou alcoólico, que procura reencontrar-se para se reinserir profissionalmente. E, claro, a larga maioria de Desempregados de Longa Duração, que procuram uma reconversão profissional e a sua futura reinserção no Mercado de Trabalho. É também neste contexto que se labora, diga-se quando se lida com a Iniciativa Novas Oportunidades, com os famosos Cursos CEF, ou os EFA, que, curiosa e elitisticamente uma parte dos quadros do PCP tanto criticam, vi-o tal numa Conferencia em Coimbra sobre Educação e Formação de Adultos, vi-o tal na Assembleia de Freguesia onde sou eleito local, sabe-se lá porquê. Mas é por lidar com esta vivencia, por ver o funcionamento dos funcionários do IEFP, empenhado e rigoroso em geral, que sei que os resultados que apresentam procuram ser adequadamente rigorosos, científicos, nas suas múltiplas áreas. Mais, sei por experiencia que no IEFP existem Pessoas de todas as forças partidárias portuguesas e de todas tenho boa impressão. Por isso sei que “o Madelino” como o meu “amigo” Castela o trata, é e tem dado provas de tal, de ser um muito bom gestor e, como tal, apresenta boas e más noticias, não as inventando, reportando-as somente! Sendo que o IEFP é um dos exemplos de uma positiva intervenção do Estado na economia e, como já o disse muitas vezes, nem sou especial defensor da intervenção do Estado na sociedade, nem entendo que tal intervenção seja, por si, progressista! O que tem a ZON a ver com tudo isto? Porque ao contrario do que diz o Castela o problema não está no porta voz da má noticia, o problema está no silencio sobre as outras noticias que ninguém trabalha! Hoje não há economista, do mais Liberal ao mais Estatista que não defenda a premência de politicas de Responsabilidade Social nas Empresas. Pois a ZON deu hoje o exemplo do que é não saber o que é a Responsabilidade Social! Assim, em um momento de grave crise económica e por isso também social, a “responsabilidade social” da ZON limita-se a entregar dividendos em 140% dos lucros, aos accionistas, enquanto que assume que só aumentará salários aos trabalhadores com salários mais baixos. E, quase convictamente, tratar-se-ão dos salários que teriam de ser aumentados porque, em 2011, o Salário Mínimo Nacional será aumentado até aos 500 euros! E, claro, assume a empresa “ estas “revisões dos salários mais baixos” terão um impacto “mínimo nas contas gerais da empresa em matéria de crescimento dos custos”! Para que, assim, a final de 2011, hajam mais distribuições de dividendos aos accionistas. Por menos, nos EUA, nos capitalistas EUA, um PDG que assumisse tal, nesta crise, seria pura e simplesmente – despedido! Porque a pressão da opinião publica, saída na comunicação social seria, insuportável e porque essa pressão sairia, antes do mais, dos Sindicatos! Na verdade, nos EUA, não se brinca com a Responsabilidade Social das Organizações sobre as comunidades com quem, directa ou indirectamente, as mesmas laboram. O desemprego em Portugal deve-se em parte essencial à crise internacional, à crise interna resultante do impacto da bolha do imobiliário portuguesa,(tema que ninguém fala nesta comunicação social, mas que está aí bem à vista), e aos processos de reconversão impostos pela modernização dos Mercados, em sectores, a titulo de exemplo, como a Distribuição e as suas novas formas de pagamento por parte dos Clientes. Claro deve-se também ao que é imposto pela redução dos investimentos nas Obras Públicas – o resultado das criticas ao TGV, etc. Pelo que “o Madelino” como diz Castela, que se limita a apresentar resultados que a economia, e não ele, e não o Estado, geram, não pode ser responsável pelos 11,1% de Desemprego que ora vivemos em Portugal. Mas quando o que move alguém é o ódio, tudo vale, e mais, de nada importa o espírito critico para quem está dominado pelo ódio. E, reafirmo, não é um “proletário ódio de classe”, é somente um sectário e por isso reaccionário, ódio. Do qual “o Madelino”, que não merecia ser tratado assim, não tem qualquer culpa! Ora o que se está a viver, em Portugal, na União Europeia, no chamado Mundo Desenvolvido, é precisamente ao crescer desta pacóvia forma de estar que leva uns tantos a assinar por baixo que Portugal é um “pig”, que Portugal tem de se ajoelhar ao FMI, que as classificações das Agencias de Notação são adequadas, e a aceitar esta infeliz e crescente má distribuição dos Rendimentos em Portugal! A ZON deveria, já, ter sido fortemente criticada, como aliás outras grandes empresas, (e reparem que não sou dos que alinham com os que acham que num Mercado em crescimento e com o surgimento da Concorrência), uma empresa não pode aumentar o seu nº de Directores, assim como a sua remuneração, se a mesma fôr equilibrada e não significar mil euros dia! A ZON entrou assumida e agressivamente na lógica da economia selvagem, onde tudo vale, até dar sinais de desprezar os que com ela trabalham, não procedendo a aumentos salariasi com o argumento da Crise numa empresa que teve um aumento de lucros de 20%! Por isso, urge que a pressão de Cidadania, sobre a economia real, aumente! Por isso, urge que participemos em Movimentos como o da Petição Pela Regulamentação Internacional das Agências de Notação que podem encontrar em http://www.peticaopublica.com/?pi=P2011N6501 . Só com estes Movimentos faremos aumentar a exigência de Mais Democracia Económica, em Portugal, na União Europeia e no Mundo!
publicado por JoffreJustino às 18:40
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Primárias - Uma Otima Pro...

. O 11 de Setembro e eu pr...

. Um recado a Henrique Mont...

. Na Capital Mais Cara do M...

. Há Asneiras A Não Repetir...

. “36 Milhões de Pessoas Mo...

. Ah Esta Mentalidade de Ca...

. A Tolice dos Subserviente...

. A Típica Violência Que Ta...

. Entre Cerveira e a Crise ...

.arquivos

. Julho 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds